Nossa Região

Maior triciclo do Brasil atrai fãs na última eliminatória da Festa do Peão de Americana

Agricultor afirma que desenvolveu tecnologia hidráulica inovadora.
Veículo estreou nas arenas na abertura do rodeio na noite deste sábado.

maior triciclo do brasil na festa do peao de americana

Pela primeira vez em um rodeio, o veículo divulgado como o maior triciclo do Brasil chamou a atenção dos visitantes que assistiram às apresentações na arquibancada da 27ª Festa do Peão de Americana (SP) na noite deste sábado (22/06). E o criador do modelo garante: não é só tamanho, tem engenharia inteligente também.

“Tem muita gente que passa aqui e diz que isso só pode ser coisa dos Estados Unidos, meu orgulho é mostrar que tem brasileiro que também consegue realizar um projeto desses”, afirma Elvis de Almeida, 51, conhecido por Boby.

O triciclo pesa 5.100kg, fora os 340 litros de combustível. São 6,4 metros de comprimento, 3 metros de largura e 3,2 metros de altura. Todo o funcionamento é hidráulico e como a máquina – que pode chegar a 90km/h – não tem embreagem, é fácil de dirigir, segundo o inventor.

Foi em seu sítio em Cosmópolis (SP) que ele começou a usar a máquina de solda para construir triciclos com motores e chassis usados. “Eu era apaixonado por moto, mas em 1997 sofri um acidente e não conseguia mais me equilibrar, por isso comecei com os triciclos”, conta.
A partir da necessidade, Boby desenvolveu um talento, e não conseguiu mais parar. Apesar de ter frequentado a escola apenas até a 3ª série (atual 4º ano), ele sempre quis compreender o funcionamento das máquinas.

“Por um serviço que fiz, recebi como pagamento um monte de peças e motores. Aquilo ficou um tempo no quintal de casa e minha mulher só brigava comigo, dizendo que o ferro não ia trazer comida pra casa”, diverte-se o agricultor. Foi muito investimento e até um financiamento para concluir o projeto, de 2008 até janeiro deste ano.

O sítio dele ainda produz milho e palmeira ornamental, mas Boby quer diversificar as atividades. “Já ouvi críticas de que eu quis me agigantar, mas não é isso. Eu nunca imaginei que alguém do sítio podia fazer sucesso, dar autógrafo como dou, só quis vencer um desafio que eu mesmo coloquei.”

 

Maior triciclo do Brasil participa da abertura da Festa do Peão de Americana (Foto: Raul Pereira/G1)

Fonte: G1

Sair da versão mobile