Nossa Cidade

Profissionais da Educação acompanham “Percurso da construção das diretrizes curriculares de Hortolândia”

Webinário transmitido pelo YouTube, nesta segunda-feira (06/12), mobilizou mais de mil internautas ao vivo

Mais de mil internautas acompanham ao vivo o bate-papo sobre o “Percurso da construção das diretrizes curriculares de Hortolândia”, promovido pela Prefeitura, na noite desta segunda-feira (06/12). Dados enviados pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia mostram que o evento, gravado e disponibilizado no canal da Secretaria, já teve 1.564 visualizações até agora. Para assistir ao debate, basta clicar neste link: https://www.youtube.com/watch?v=GQQgBbJiKso.

Voltados aos profissionais da rede municipal de ensino, mas aberto ao público em geral, o evento aconteceu três dias antes da cerimônia oficial de entrega da versão inicial do currículo próprio da Educação Municipal, marcada para acontecer, nesta quinta-feira (09/12), às 19h, em evento presencial, fechado para convidados e profissionais previamente inscritos. O último webinário do ano sobre o tema aconteceu após nove encontros virtuais – um de abertura, quatro voltados à Educação Infantil e quatro ao Ensino Fundamental. Cinco profissionais da Educação conduziram a discussão: o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes; o educador, sociólogo e consultor contratado César Callegari, que mediou os webinários anteriores; o profissional da rede Donizeti Chagas de Faria e as consultoras convidadas Sonia Larrubia e Eliane Aguiar.

As consultoras fizeram uma apresentação técnica do sumário do documento em construção, que já conta com cerca de 500 páginas. A efetiva participação dos profissionais da educação no processo foi ressaltada, em todo o evento.

“A proposta curricular que está inspirando esse movimento em Hortolândia é muito bonita, porque envolve participação, um convite para produção autoral propriamente dita. Todos podem ser autores. O currículo deve sempre responder qual tipo de cidadão nós estamos imaginando formar e para que tipo de cidade e sociedade. No fundo, o currículo leva esse gene de utopia, desejo, vontade e é para isso que nós caminhamos claramente, trazendo de um lado todo o conjunto de experiências e ações que Hortolândia desenvolveu ao longo dos anos e foram respeitados e considerados”, ressaltou Callegari.

Para Donizeti Faria, mais que um documento norteador da educação pública municipal, o novo currículo em construção é um desafio permanente.“O convite que o currículo nos faz é olhar para a rede municipal, para as nossas práticas, a nossa relação com os nossos alunos, a nossa comunidade escolar e construir uma política educacional de orientação que qualifique os processos de ensinar e aprender de uma rede grande como a nossa”, enfatizou ele.

“Não terminamos e não vamos terminar o currículo. Não é essa a proposta: acabou, pronto! O documento final não termina, não. Quando o acabamos, estruturalmente, nós começamos a vivê-lo. Então, essa fase agora é o momento para qual estamos caminhando. O que passou vai ser apresentado e agora vamos ter uma nova fase quando tivermos essa retomada do calendário escolar”, ressaltou o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes.

Currículo próprio

A criação do currículo próprio para a rede municipal é parte integrante da proposta da educação, na atual gestão: “Hortolândia, território de saberes: a educação como conceito de integralidade”. A partir das experiências e dos saberes, a ideia é construir uma rede ativa e participativa para a educação no município. A ação beneficiará mais de 26 mil alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e da EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Para garantir a participação de todos os profissionais da educação, a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia da Prefeitura conta com um espaço virtual exclusivo, destinado à construção do currículo próprio. Ele fica dentro do Portal Educação na Rede, o “Currículo de Hortolândia”, disponível neste link: https://portaleducacao.hortolandia.sp.gov.br/index.php/curriculo-hortolandia.

A ferramenta acolhe todas as contribuições de professores, educadores, coordenadores, entre outros profissionais, através do envio de documentos e participação de fóruns de discussões sobre os temas apresentados nos ciclos formativos.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Sair da versão mobile