Prefeitura pede R$ 7 milhões ao Estado para investir na Habitação

Regularização fundiária também entrou na pauta de solicitações

condominio-suica

Anuncio


O prefeito Antonio Meira esteve, nesta quinta-feira (22/01), na capital paulista onde entregou ao subsecretário estadual de Relacionamento com os Municípios, Rubens Cury, uma pauta com 19 solicitações nas áreas de saúde, educação, segurança, habitação e mobilidade urbana. Na área da habitação, um dos principais pedidos é um aporte financeiro de aproximadamente R$ 7 milhões, proveniente do programa estadual Casa Paulista.

O valor será um complemento na construção de 672 unidades habitacionais no Jardim Novo Estrela, empreendimento construído por meio do programa do governo federal minha Casa Minha Vida. “Temos a garantia de cerca de R$ 50 milhões do programa Minha Casa Minha Vida para esta obra, mas precisamos deste aporte para complementar os investimentos na obra”, explicou o secretário de Habitação, Marcelo Zanibon.

De acordo com o secretário, outro pedido foi referente à agilidade na regularização de 50 núcleos habitacionais, inscritos no programa estadual Cidade Legal. “Para que o município dê continuidade ao processo de regularização, é preciso que o Estado emita um documento denominado Deca (Denominação de Conformidade Urbanística e Ambiental). Aguardamos que este processo seja acelerado, pois conseguiremos beneficiar cerca de mil famílias”, destacou Zanibon.

Outras duas solicitações foram incluídas no documento. Uma delas é a transferência ao FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) da área do conjunto habitacional Hortolândia C, localizado no Jardim Amanda. O terreno pertence à CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano); sendo doado ao FAR, é possível implantar na área um empreendimento do Minha Casa Minha Vida. Outro ponto é a agilidade no processo de regularização dos bairros Jardim Aline, Jardim Santiago, Vila Guedes e Jardim Conceição.

“Este é o primeiro contato com a nova gestão do governo do Estado. Tivemos pressa para apresentar algumas reivindicações antigas dos moradores e outras prioridades novas que clamam por melhorias, por causa do crescimento e desenvolvimento da cidade. Esperamos que o governador tenha um olhar carinhoso para Hortolândia”, explicou o prefeito.

A expectativa é que os pedidos sejam acatados o mais breve possível. O subsecretário estadual de Relacionamento com os Municípios, Rubens Cury, afirmou que vai analisar as reivindicações e encaminhá-las para o governador Geraldo Alckmin “Vou me reunir, a princípio, com os secretários das pastas para elencar as prioridades e acompanhar de perto o trabalho junto à Prefeitura de Hortolândia”, garantiu Cury.

Sair da versão mobile