Ponte da Vila Real ganha guarda-corpo

Obra do Superviário, em realização pela Prefeitura de Hortolândia, avança para a etapa final

A ponte da Vila Real, equipamento que integra o percurso do “Superviário”, em implantação pela Prefeitura, ganha agora guarda-corpo. Após a construção de calçada e ciclovia nas imediações da passarela do shopping, as equipes da empresa contratada pela Administração Municipal começaram, nesta terça-feira (29/11), a colocar as estruturas metálicas que servem para evitar acidentes com pedestres, pois funcionam como barreiras que impedem alguém de cair de um lugar elevado.

Anuncio


A previsão é que o serviço seja concluído nesta quarta-feira (30/11). Um dos guarda-corpos, instalado do lado que fica próximo à linha férrea, tem 50 metros e o outro, no lado oposto, cerca de 30 metros de extensão.

Esta nova ponte permitirá que o viário central, que sai da Av. Panaíno e passa por debaixo da Ponte da Esperança (Estaiada), conecte-se com a Rua Amélia Basso Breda, mais conhecida como “Rua da feira”. Estas ações fazem parte da implantação do maior complexo viário de Hortolândia, que permitirá a integração entre regiões antes afastadas ou de difícil acesso da cidade. As intervenções já atingem 91,62% de realização, de acordo com a Secretaria de Obras. A previsão de término da obra, iniciada em junho de 2021, é para este segundo semestre.

Há outros trechos do viário com obras em andamento. Um deles é o da Av. Panaíno, na região do Green Park, onde o terreno é preparado para receber sistema de drenagem pluvial. Outro é o da ponte sobre o Ribeirão Jacuba, no Parque dos Pinheiros, onde acontece a preparação para a colocação de pavimento asfáltico. Este trecho fica bem próximo à rotatória que leva a empresas na região do Jd. Nova América e permitirá acesso ao viário central, implantado em baixo da Ponte da Esperança. Nas imediações há também o prolongamento e duplicação da Estrada Sabina Baptista de Camargo, entre a rotatória do Parque Socioambiental Remanso das Águas e o canteiro de obras do Novo Paço, onde ocorre a construção de guias, sarjetas, calçada e ciclovia.

 

Fonte: Prefeitura

Sair da versão mobile