Jardim Amanda recebe equipes da Prefeitura para mais uma etapa de fiscalização contra descarte irregular de esgoto

Trabalho em parceria com a Sabesp é realizado em todas as regiões de Hortolândia

Continuam os esforços das equipes da Prefeitura de Hortolândia, em parceria com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para evitar o descarte irregular do esgoto. A ação é crime ambiental e causa a deterioração do meio ambiente. Segundo a Secretaria de Serviços Urbanos, a fiscalização segue reforçada no Jardim Amanda, onde diariamente o trabalho acontece desde o início do ano. As vistorias são realizadas em residências e no sistemas subterrâneos localizados nas vias. Em caso de irregularidade, o morador é identificado e recebe uma notificação para regularizar a situação. 

Anuncio


A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável ressalta que o descarte de resíduos na rede de águas pluviais por meio de ligação irregular de esgoto provoca danos ao meio ambiente. No caso do Jardim Amanda, os dejetos deságuam diretamente na lagoa do bairro, principal área de lazer que sofre com o crime ambiental, já que a ação causa o crescimento das plantas aguapés no espelho d´água. “Além do aspecto visual ruim que a infestação das aguapés causam, também tem a questão do mau cheiro que em nada combina com uma área de lazer onde as pessoas gostam de passar o final de semana e praticar esporte, como corridas e caminhadas, por exemplo”, explica o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão.

Ainda de acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, nesta segunda-feira (30/01), foram realizadas duas notificações. Uma no Jardim Amanda e uma na Vila São Pedro por descarte irregular do esgoto doméstico nas redes de águas pluviais. Os moradores tem até 30 dias para a regularização. A população pode fazer denúncias de ligações irregulares de esgoto por meio do aplicativo Agenda Verde, que pode ser baixado nas plataformas Google Play ou App Store pelo celular da pessoa. A identidade do denunciante é mantida em sigilo. A denúncia também pode ser feita pelo telefone (19) 3897-9800 da Secretaria de Serviços Urbanos. 

“As equipes encontram por semana de 15 a 20 ligações irregulares. Além disso, a Secretaria de Serviços Urbanos, em parceria com a Sabesp, realiza regularmente limpeza, desobstrução e manutenção da rede de águas pluviais. O trabalho é necessário para evitar rompimento das tubulações nas redes, problema que causa vazamentos, infiltrações, erosões e buracos no solo, além de prejudicar residências”, explica Panício.

 

Fonte: Prefeitura

Sair da versão mobile