Nossa Cidade

Estudantes municipais plantam palmeiras imperiais no Pq. Lago da Fé

 

Sessenta alunos da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Cláudio Roberto Marques, no Jd. Santana, participaram, na manhã desta quinta-feira (23/05), do plantio de 56 palmeiras imperiais (Roystonea oleracea) nos canteiros centrais do Parque Socioambiental Lago da Fé, no Jd. Alvorada. O local fica entre a calçada e os postes de iluminação, na área correspondente à Avenida Joaquim Martarolli, próxima à Câmara Municipal. A iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável integra a programação que celebra os 28 anos de emancipação política de Hortolândia, comemorado no dia 19 de maio.

Oriundas do Viveiro Municipal “Antonio da Costa Santos”, as mudas são de tamanho médio, têm entre 1,5 e 1,7 metro de altura e, em até cinco anos, contribuirão para deixar o parque mais sombreado e agradável. A ação contou com o apoio de servidores do próprio Viveiro e de agentes ambientais. Antes da semeadura, o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, José Nazareno Zezé Gomes, ressaltou a importância de pessoas tão jovens participaram do plantio. “Em três, quatro anos, quando estas crianças tão novinhas passarem por aqui utilizarão esta sombra que elas mesmas ajudaram a proporcionar. Vão valorizar mais”, afirmou Zezé.

Para a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire, o plantio de mudas de árvores é também um ato de cidadania. “Nós sugerimos aos alunos que refletissem sobre o dia de hoje daqui a 10 anos. Hoje estão fazendo o plantio de palmeiras. Daqui a 10 anos poderão estar embaixo destas palmeiras, fazendo piquenique com suas famílias. O tamanho da responsabilidade deles, já como crianças, construindo a história do nosso município, com qualidade de vida pra eles e pro restante da população. Nós procuramos refletir isso com eles, de, como cidadãos, podemos modificar a história da nossa cidade para que possamos ter uma vida melhor, mais saudável, e contribuir para que este planeta, de uma forma geral, tenha muito mais qualidade de vida. Hortolândia está dando a sua contribuição com as nossas crianças”, afirmou ela.

Viviane dos Santos Fernandes, de 9 anos, aluna do 4o ano, participou pela primeira vez de um plantio. “É muito legal. Aprendi aqui a importância de cuidar da natureza”, revelou a menina. A colega Geovana Bezerra dos Santos Martins, também de 9 anos, já experiente, contou como aprecia plantar morangos em casa.

Moradora de uma das ruas no entorno do Parque, a dona de casa Antônia Aparecida Batista é uma defensora da natureza. Sempre que pode vai ao Viveiro Municipal pegar mudas de árvores e plantas ornamentais. No jardim de casa, tem diversas espécies: Manacá, Romã, Sapatinho de Judia e Primavera vermelha. Nos canteiros do parque, em área em pouco mais adiante, em frente à casa de uma amiga, ela mesma plantou espécies frutíferas, como abacate e goiaba. “Amei os plantios aqui. Está ficando ótimo. Faço corridas no parque à tardinha. Agora, só falta a Prefeitura colocar aqui uma academia ao ar livre para nós”, solicitou a munícipe.

Ainda mais verde

Este é o sexto plantio realizado pela Prefeitura no Parque Lago da Fé. Com isto, chega a 1.240 o total de mudas semeadas no local, de 2018 para cá, segundo dados da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Anteriormente, foram plantadas, de um lado e outro do parque, mudas de espécies como Ipês rosa, roxo, amarelo e branco; Jenipapo; Jequitibá; Paineira; Pau Viola; Pau Mulato; Pau Cigarra; Sibipiruna e Ingá. 

O Lago da Fé é um dos mais novos parques municipais. Tem 180 mil metros quadrados de área. A previsão é que, em cerca de cinco anos, as palmeiras estejam bem formadas. Imponentes, as desta espécie podem alcançar até 40 metros de altura.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Sair da versão mobile