CRAM atende 1.300 mulheres em um ano de funcionamento

Centro foi inaugurado, em 2017, para atender e apoiar população feminina vítima de violência

O CRAM (Centro de Referência e Atendimento a Mulher) realizou 1.300 atendimentos em um ano de funcionamento. O serviço foi inaugurado pela Prefeitura de Hortolândia no dia 08 de março do ano passado. Nesta quinta-feira (08/3), Dia Internacional da Mulher, o prefeito Angelo Perugini participou do café da manhã com funcionários do Centro para comemorar o primeiro ano de funcionamento do órgão.

Anuncio


A unidade foi criada para combater, orientar e apoiar mulheres vítimas de violência doméstica. O CRAM fica na rua Alberto Gomes, 18, Jardim das Paineiras.

De acordo com a assistente social e coordenadora do CRAM, Josefa Teixeira, o encontro serviu para mostrar os resultados conquistados no Centro. “Neste primeiro ano, nós ganhamos um espaço adequado para atender as mulheres vítimas de violência doméstica que, agora, têm onde recorrer quando sofrerem qualquer tipo de agressão dentro de sua casa”, observou Josefa.

A mulher acolhida no espaço recebe atendimento na área social, jurídica, psicológica, encaminhamento e proteção. O Centro também oferece atividades educativas, preventivas e de recolocação no mercado de trabalho.  O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Fora do horário de expediente, um técnico fica de plantão para atender as vítimas que solicitarem o serviço. O telefone do CRAM é 3819-6298.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolândia

Sair da versão mobile