Nossa Cidade

Conferência debate democracia e igualdade racial em Hortolândia

Inscrições para evento da Prefeitura podem ser feitas até este sábado (06/07)

Igualdade Racial

“Democracia e desenvolvimento sem racismo: por um Brasil mais afirmativo”. Este é o tema da III Conferência de Igualdade Racial que a Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Chefia de Gabinete, promove neste sábado (06/07), das 8h às 17h, na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Caio Fernando Gomes Pereira, localizada na Rua Aurora Prata Tanachi, 995, no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora. O evento é aberto ao público em geral, sem restrição de idade, sexo, origem ou formação.

O objetivo da 3ª Conferência é debater sobre a constituição e implementação do Sinapir (Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial), além de meios para pôr em prática as diretrizes discutidas nas edições anteriores do evento, realizadas em 2006 e 2009.

Atrações culturais, debates e palestras fazem parte da programação. O combate ao racismo será um dos assuntos discutidos, pela manhã, pelo vereador de Campinas, Carlos Roberto de Oliveira, o “Carlão”. O Sinapir será enfocado por Silvana Veríssimo, presidente da ONG Nzinga Mbandi, de Piracicaba. Ela é a primeira brasileira a ser premiada pela luta no combate ao racismo pela organização Institute Black Latin Afro Diaspora Celine Cruz, sediada em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Abrindos os trabalhos, pela manhã e à tarde, haverá apresentação da orquestra de berimbaus e de dança flamenca com grupos ciganos de Campinas e Hortolândia.

Oito salas temáticas acontecem no período da tarde. Os GTs (grupos de trabalho) debatem temas correlatos como: Saúde; Trabalho, renda e segurança alimentar; Cultura, esporte e comunicação; Liberdade religiosa; Violência e segurança pública; Educação; Moradia e Sinapir. Tudo o for discutido nos GTs será apresentado em plenária após os debates. Também haverá a eleição de delegados que participarão das conferências regional (marcada para 03 de agosto em Campinas), estadual (de 23 a 25 de agosto, na capital) e nacional (de 1 a 3 de novembro, em Brasília).

“Quando discutimos sobre igualdade racial, não é só para negros, este é o foco aqui, mas falamos também de ciganos, palestinos, indígenas e asiáticos”, explica Rosali Nazarete Madalena, chefe do Setor de Políticas Públicas para a Igualdade Racial da Secretaria de Chefia de Gabinete. “Há grande dificuldade para a implementação das políticas de igualdade porque as pessoas acham que basta atender às demandas sociais. Mas o povo negro tem necessidades específicas quanto à educação, cultura e saúde, por exemplo, daí os comitês específicos para a discussão dos temas”, afirma.

Inscrições ainda estão abertas
Os interessados em participar podem se inscrever até as 11h do sábado, pessoalmente ou por meio do e-mail spir.smcg@hortolandia.sp.gov.br. Basta escrever, solicitando o envio do formulário de inscrição. Outra possibilidade é ir até o Setor de Políticas Públicas para a Igualdade Racial, localizado no terceiro andar do Paço Municipal Palácio das Águas, na Avenida Olívio Franceschini, 2.500, no Remanso Campineiro.

PROGRAMAÇÃO

Manhã

Abertura
Apresentação da Orquestra de Berimbaus da escola Resistência de Hortolândia do Professor Léo Lopes
Mesa de Autoridades
Mesa de Debates
Silvana Veríssimo – presidente da ONG Nzinga Mbandi, de Piracicaba | Tema: Sinapir
Carlos Roberto de Oliveira – Vereador de Campinas | Tema: Combate ao Racismo

Tarde

Apresentação de dança Flamenca com dois grupos de ciganos das cidades de Campinas e Hortolândia
Discussão nos Grupos Temáticos
Apresentação das Discussões
Eleição dos Delegados para a Conferência Estadual

Fonte: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Hortolândia

Sair da versão mobile