Nossa Cidade

Alunos do curso Educação para o Trabalho visitam empresa de telecomunicações

 

Objetivo da Prefeitura é facilitar a entrada de jovens no mercado de trabalho

O contato com o mundo do trabalho é uma das atividades propostas no curso Educação para o Trabalho, oferecido pela Prefeitura de Hortolândia em parceria com o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). Nesta terça-feira (22/05), os alunos do curso Educação para o Trabalho visitaram a empresa de telecomunicações Motorola, em Jaguariuna. Na oportunidade, os alunos conheceram as instalações da empresa, setor administrativo,  além dos processos de produção. A preparação dos estudantes para o mercado de trabalho e a captação destes novos profissionais nas empresas está entre as prioridades do prefeito Angelo Perugini.

De acordo com o diretor do Departamento de Economia Solidária, Gerson Ferreira, o principal objetivo da visita é proporcionar aos alunos uma proximidade maior com o mundo do trabalho. “Queremos que conheçam os processos de funcionamento de uma empresa e os diferentes modelos de contratação, por meio do Programa Jovem Aprendiz”, explicou Ferreira.

O diretor explica que o Programa Jovem Aprendiz é um projeto do governo federal para incentivar os contratantes a desenvolverem nas suas respectivas empresas programas de aprendizagem para jovens e adolescentes, entre 14 e 24 anos. “Os alunos do curso de Educação para o Trabalho integram a faixa de idade que o programa atende, por isso, é importante que eles tenham acesso as informações pertinentes a essas contratações”, observou o diretor.

O curso “Educação para o Trabalho” tem a duração de aproximadamente sete meses. “O objetivo é oferecer oportunidades para que o jovem se prepare para disputar vagas de emprego geradas no município, em condição de igualdade com os candidatos de outras cidades”, esclarece o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno.

Para os aprendizes, a formação é gratuita, porém, a Prefeitura investe R$ 57.000,000 na contratação do SENAC para pagamento de professores e materiais didáticos. 

Os cursos de qualificação profissional integram o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), iniciativa que promove o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Por meio do programa, a Prefeitura quer melhorar a prestação dos serviços públicos municipais em todas as áreas, em especial na saúde, educação, segurança, mobilidade urbana e geração de emprego. Mais de 100 obras e serviços serão realizados por meio do PIC.

PIC

Os cursos de qualificação profissional integram o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), iniciativa que promove o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Por meio do programa, a Prefeitura quer melhorar a prestação dos serviços públicos municipais em todas as áreas, em especial na saúde, educação, segurança, mobilidade urbana e geração de emprego. Mais de 100 obras e serviços serão realizados por meio do PIC.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Sair da versão mobile